hambúrguer com chutney de tomate

Tinha muito tempo que eu não fazia hambúrguer, mas depois de ter visto essa receita de hambúrguer com linguiça calabresa, fiquei com vontade de testar. Pra acompanhar, decidir testar um chutney de tomate cuja receita tava guardada aqui há um tempão.

Então vamos lá! A receita do hambúrguer não tá igual à do Sabor Sonoro, fiz minhas adaptações. Você vai precisar de:

1kg de carne de primeira moída (de preferência com gordura)
300g de linguiça calabresa (usei uma fininha deliciosa com pimenta calabresa)
1 ovo
3 colheres de sopa de panko
1 cebola grande bem picada
4 dentes de alho bem picados
1 colher de sopa de mostarda em pó
Pimenta do reino moída na hora
Sal

Coloque a linguiça, o ovo, o panko e a mostarda dentro do processador e misture tudo. Deixe a linguiça em pedacinhos, sem empapaçar. Depois misture à carne, à cebola e ao alho, adicione sal e pimenta e misture bem com as mãos.

Para moldar, basta deixar sempre por perto uma vasilha com água. Molhe os dedos com um pouco de água sempre que for moldar os hambúrgueres, ajuda a não ficarem grudentos. Assim vá pegando bolinhas mais ou menos no tamanho de uma bola de tênis (menor um pouco) e depois vá amassando de leve com a mão, sempre ajeitando as bordas pra ficar redondinha por igual. Essa quantidade rende uns 20 hambúrgueres (não sei ao certo porque só moldei 12 e congelei o restante da massa, mas devo usar pra fazer almôndegas ou outra coisa, o tempero fica ótimo).

Faça o teste do sal com um mini-hambúrguer: faça uma pequena bolinha, depois amasse e frite pra testar o sabor. Se estiver faltando sal, adicione mais à massa.

Agora é hora de fritar: esquente uma frigideira antiaderente e ponha óleo de canola (não use azeite: é caro e queima muito rápido). Deixe em fogo médio e quando o óleo estiver quente, ponha um hambúrguer de cada vez para que o óleo não esfrie rapidamente, empapando tudo. Um segredinho: à medida que vai fritando, com uma colher vá banhando a face do hambúrguer que ainda está crua com óleo quente. Isso ajuda numa fritura mais uniforme.

Ponha os hambúrgueres num prato com um papel-toalha e sirva com o chutney de tomate e uma salada verde.

Mas antes de tudo, você deve preparar o chutney de tomate:
250g de tomate pelado (em lata ou de verdade, mas só se estiverem bem maduros)
1/2 cebola picadinha (use um pouco da cebola do hambúrguer)
1 dente de alho picado
100g de açúcar
100ml de vinagre
um pedacinho de gengibre raladinho
uma pitadona de sal

Pique o tomate em pedacinhos bem pequenos. Ponha todos os ingredientes numa panela, mexa bem e deixe cozinhar em fogo baixo por mais ou menos 40 minutos, vai depender da sua panela e do seu fogão. Usei uma panela de inox com fundo triplo, que segura bem o calor. Talvez numa panela mais fina, demore mais pra chegar ao ponto. Mexa de vez em quando pra checar o ponto, que é meio que um ponto de doce. Reserve, deixe esfriar e sirva com seu hambúrguer.

Essa quantidade serve umas 6 pessoas, então se sobrar dá pra guardar na geladeira por uma semana ou mais. Você vai querer comer hambúrguer de novo com esse chutney, vai por mim :)

UPDATE: se você conseguir fazer 20 hambúrgueres (talvez consiga bem mais) com esses ingredientes, cada um tem 147 calorias. Não é tanto, né, gente?

Anúncios

maquiagem de hamburguer

Todo mundo já teve vontade de chegar na Mc Donalds e pedir um hambúrguer igual ao da foto, né? Porque a decepção de receber seu lanche completamente murcho, caído e feio acontece todo dia, é fato. Só que a fome muitas vezes é maior do que a vontade de reclamar.

Mas não é à toa que aquela foto maravilhosa do seu hambúrguer preferido tá ali, estampando os cardápios das fast foods e as propagandas de TV. Quer saber de onde vem aquela cara linda, brilhosa e apetitosa?

you’re doing it all wrong

Ei, você que compra hambúrguer congelado e pão porcaria de supermercado. Se você faz hambúrguer assim, tá fazendo tudo errado! Veja com Hubert Keller como evitar alguns erros clássicos e fazer um hambúrguer perfeito:

cheese & burger

já deu pra notar que eu adoro burgers, né? se for de fabricação caseira, então, melhor ainda. aí que eu conhecia esse site, o cheese & burger society, há algum tempo e nunca tinha compratilhado aqui no blog. eis que alguém twittou hoje e me lembrei da existência do bicho.

o site é ótimo, lindo e dá uma fome danada. além de ter fotos maravilhosas dos burgers, ainda mostra os ingredientes de que são feitos e o tipo de queijo usado. aí vocês podem tentar reproduzir em casa, não é ótimo?

hambúrguer caseiro

A preguiça reinou nesse feriado e o menu do almoço (e do jantar) de hoje foi hambúrguer home made. É tão simples que dá vontade de fazer todo dia.

burger

Como nunca tinha testado fazer hambúrguer em casa, fui atrás de algumas receitas pra me familiarizar com a coisa. Cada um ensina de um jeito e resolvi seguir minha intuição (com uma pitada de bom senso, claro).

Usei patinho moído, mas aqui também cabe a carne de sua preferência.

500g de patinho moído

3 dentes de alho bem picado

1/2 cebola picada

1 ovo

um miolo de pão emebido em leite, bem espremidinho

pimenta do reino a gosto

alecrim a gosto

sal a gosto

Misture tudo com as mãos até ficar bem ligado. Como coloquei o sal muito no olho, decidi, depois de pronto o bolo de carne, testar assar um pouquinho da mistura e testar os temperos. Coloquei duas pitadas bem generosas, mas acho que fica a critério de cada um.

Separe a carne em 4 a 6 bolas (dependendo do tamanho que você queira seu hambúrguer, mais altos são 4; normais, dão 6) e faça discos com as mãos. Achate bem e deixe na altura e circunferência que desejar.

Use uma frigideira anti-aderente bem quente com um pouco de azeite e deixe assar. Não aperte de jeito nenhum o seu hambúrguer enquanto ele estiver no fogo, pois isso fará com que ele solte o sumo da carne e perca a suculência. Asse por alguns minutos de cada lado e depois monte o seu sanduíche com os ingredientes que quiser. Eu usei cebola em rodelas assada no shoyo, tomate e queijo processado. E uma boa mostarda para acompanhar.