teriyaki wings

Sexta-feira à noite é quando eu tou mais exausta. Tudo que eu quero depois que chego da aula é tomar duas cervejas e comer algum petisco vendo alguma besteira na tv. As teriyaki wings são perfeitas pra sextas como essa, em que você tem preguiça de tomar cerveja num bar mas adoraria ter qualquer comidinha de bar na mesinha de centro da sua sala.

É uma receita bastante simples, mas o segredo tá na marinada. O ideal é que as asinhas possam ficar na marinada de um dia pro outro, mas como nem sempre é possível, umas horas já são suficientes. Eu deixei cerca de 5h marinando na geladeira e ficou bom.

cerca de 1kg de asas de frango (completa, asa e coxinha da asa)
60ml de shoyu
60ml de cachaça (era pra ser sakê, mas não tinha em casa. uma boa cachaça resolve bem)
5 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de gengibre em pó ou ralado
2 dentes de alho bem picados
1 colher de sopa de tabasco
1 colher de sopa de catchup
suco de 1/2 limão
2 colheres de sopa de vinagre bacana

Misture todos os ingredientes (menos o frango) numa panela e leve ao fogo, mexendo sempre, até que o açúcar derreta e se forme um caldo uniforme. Reserve.

Lave os frangos com um pouco de limão (não exagere!) pra tirar um pouco do cheiro. Separe a coxinha da asa propriamente dita torcendo a asa pra trás e partindo a pele com uma faca.

Misture o caldo com o frango e deixe marinar na geladeira de um dia pro outro ou, se não der, algumas horas. Quanto mais, melhor. Eu gosto de fazer marinadas em saquinhos plásticos porque é uma forma de fazer com que a marinada atinja todos pedacinhos de carne e não fique só depositada no fundo de uma vasilha. E não suja nada!

Depois de marinar, é hora de assar. Aqueça o forno a 180º por uns 10 minutos. Retire as asas da marinada e coloque-as numa assadeira antiaderente. Você tem a opção de assá-las por 30 minutos com papel alumínio e depois de retirar o papel dourar por mais 15, mas eu prefiro fazer todo o processo sem papel alumínio.

Acho que o papel alumínio tem mais a função de cozinhar (vapor) e acho que elas perdem aquela propriedade de franguinho assado sequinho. A carne da asa é muito gordurosa, acho que o ideal é fazer com que essa pele doure mesmo. E não tem coisa pior que pele de frango molenga, né? Então, se você concorda comigo, faça todo o processo sem papel alumínio. Não há necessidade de virar, mas a parte de baixo vai ficar bem tostadinha (o que é uma delícia). Dependendo do forno, esse tempo pode ser menor ou maior, o importante é verificar nos 30 minutos se elas já estão douradinhas.

Vá regando de vez em quando com o molho da marinada. Se ao fim do processo sobrar algum molhinho denso na assadeira, coloque-o por cima das asas e sirva.